O Decreto nº 10.024/2019 exige entrega de documento de habilitação concomitante com a proposta

Por Marcelo Souza Rocha*

Uma inovação trazida pelo texto do novo regulamento federal do pregão eletrônico, Decreto nº 10.024/2019, foi a previsão para que todos os licitantes enviem exclusivamente por meio do sistema, concomitantemente com a proposta, os documentos de habilitação exigidos no edital, ao longo do prazo legal de, no mínimo, 8 (oito) dias úteis.

Esta mudança não alterou a lógica definida pela Lei nº 10.520/2002 para o pregão, ou seja, o julgamento e classificação das propostas ainda deverá o correr antes da verificação da habilitação. A nova metodologia visa superar problemas rotineiros em privilégio à esperada celeridade do procedimento do pregão, eis que se tornava cada vez mais comum a demora de licitantes na entrega dos documentos da habilitação.

Outro benefício é que essa medida serve como forma de controle interno para mitigar riscos de fraudes conhecida como o “novo coelho”. Note-se que, juntamente com a obrigatoriedade da entrega da documentação junto coma proposta, o próprio regulamento estabelece que o licitante deve “declarar o cumprimento dos requisitos para a habilitação e a conformidade de sua proposta com as exigências do edital”, tornando-o passível de sancionamento se a declaração for falsa.

Pensando em quem precisa atualizar seus conhecimentos em pregão eletrônico, o Instituto Protege selecionou quatro especialistas do mercado para o ministrar o curso “Pregão Eletrônico: soluções para os novos desafios”. Nos dias 14 e 15 de maio de 2020, em Brasília/DF, os professores Murilo Jacoby Fernandes, Ronny Charles, Victor Amorim e Dawison Barcelos, capacitarão os participantes a operarem as compras públicas segundo o Decreto nº 10.024/2019. Não perca essa oportunidade! Acesse www.capacitar.institutoprotege.com.br e garanta sua vaga! 

*Marcelo Souza Rocha é diretor executivo do Instituto Protege. Engenheiro de segurança. Bacharel em Direito. Especialista em gestão estratégica corporativa e gestão de riscos.

Compartilhe

Últimas Notícias

Oficina prática online – Coordenação Professor Jacoby Fernandes

07/04/2020
Faça um Programa de Integridade para os seus processos licitatórios. O Instituto Protege desenvolveu uma metodologia para ajudar os órgãos na elaboração de um Programa de Integridade específico para os procedimentos licitatórios, que pode ser aplicada na modalidade de oficina online. Mas por que você precisa disso?! Porque, além de promover um ambiente íntegro e confiável, em conformidade com a legislação, um Programa de Integridade assegura maior eficiência, efetividade e eficácia nas contratações, ajuda o gestor a estar em linha com as melhores práticas de gestão e permite reduzir sua exposição a riscos. Leia Mais

Comunicado importante!

03/04/2020
O Instituto Protege, dado o avanço da pandemia da COVID-19, zelando pela saúde e o bem estar dos inscritos e de todos os seus colaboradores, comunica o adiamento do curso "Pregão Eletrônico: soluções para os novos desafios", em data a definir para setembro de 2020, mantidas as demais condições para a sua realização.
Para mais informações: cursos@institutoprotege.com.br e/ou 61 99177-1769 (WhatsApp)
Agradecemos a compreensão de todos! Leia Mais

Contem conosco para enfrentar os novos desafios!

01/04/2020
Estamos comprometidos com a situação que enfrentamos no país. Como forma de auxiliar gestores, ordenadores de despesas, servidores públicos em geral, iremos dar acesso a nossa ferramenta tira dúvidas, o Perguntar Protege, aos 20 primeiros inscritos no www.institutoprotege.com.br/perguntar . Leia Mais

Contato



(61) 3548.0040 (61) 99177-1769
contato@institutoprotege.com.br

SHIS QL 12, Conjunto 4, Casa 20 – Península dos Ministros – Lago Sul – Brasília / DF

Atendimento via WhatsApp

Siga-nos